Dança Aérea II | Jazzy

Dança Aérea II
download de programação

O Movimento aéreo (ou Acrobacia aérea, ou Aerials, como também é conhecido), caracteriza-se por ser uma linguagem que mescla técnicas de acrobacia circense com dança e teatro físico, trabalhando o corpo de forma única e ajudando os participantes a descobrir talentos (e músculos) ainda pouco explorados.

Os benefícios para o corpo e auto-estima são sentidos logo nas primeiras sessões. Imagine-se a “brincar” com um dos medos mais primordiais do ser humano: o medo das alturas…

Estrutura das aulas:

Cada sessão tem a duração de uma hora e meia, onde os 15min. de aquecimento inicial serão realizados no solo com vista a preparar o corpo para suspensão que lhe sucederá. O aquecimento é importante para adequar o ritmo cardíaco e ajudar a melhorar a força e flexibilidade geral do aluno. De seguida passaremos aos exercícios específicos nos aparelhos (Educativos), que, por sua vez, trabalham forças específicas e garantem uma boa aprendizagem de técnicas base. O tempo principal da aula é dedicado ao trabalho nos aparelhos (Trapézio estático e Tecido vertical), onde os alunos passarão para a aprendizagem dos movimentos e figuras, bem como o modo de executá-las em sequências estabelecidas pelos instrutores. Concluímos a aula com um breve alongamento.

Trabalharemos em pequenos grupos com um máximo de sete alunos por instrutor, para que estes possam estar atentos e garantir que o aluno saiba o que está fazendo e “não corra o rico de ficar amarrado em nós” :)

Tecido Vertical (Seda)

Dois longos tecidos pendentes do teto darão ao aluno a oportunidade de explorar diferentes movimentos e sensações nas acrobacias aéreas que farão parte desta aula. Nas Subidas, Descidas, Ganchos, Voltas e Quedas (algumas das técnicas que farão parte das aprendizagens) os participantes aprenderão a improvisar, criando figuras em sequências e executando técnicas de “transição”, essencial para um bom trabalho nesta desafiadora e divertida modalidade.

Trapézio estático

Uma barra vertical suspensa por duas cordas pendentes do teto darão ao aluno a oportunidade de explorar diferentes movimentos e sensações, onde o trabalho de força e os leves balanços do aparelho tornam as acrobacias aéreas mais emocionantes e divertidas. Nas Subidas, Descidas, Ganchos, Voltas e Quedas (algumas das técnicas que farão parte das aprendizagens) os participantes aprenderão a improvisar, criando figuras em sequências e executando técnicas de “transição”, essencial para um bom trabalho nesta desafiadora e divertida modalidade.

A quem se destina

A todas as pessoas que buscam além de condicionamento físico uma atividade artística que diverte e desafia. Pode ser realizada por pessoas de todas as idades e sexo (homens, mulheres e crianças), não precisa ter experiência anterior na área, pois a própria modalidade prepara o corpo para os desafios que surgirão. ( contra-indicado para cardíacos)

Benefícios a aptidão

Ficar em forma deve ser divertido! É disso que se trata as aulas de Movimento aéreo: Trabalho físico e diversão!

Esta modalidade auxilia no aumento da capacidade cardio-vascular, tonificação e alongamento muscular, além de trabalhar a lateralidade, coordenação motora, resistência, flexão e extensão do corpo. Desenvolve disciplina e auto-confiança. Trata-se de um intenso trabalho sobre a musculatura das partes superior e inferior doo corpo. Um mês de prática é o suficiente para tonificar os músculos e trabalhar a força de forma única e surpreendente!

O intenso trabalho realizado nos músculos do centro do corpo é crucial para garantir uma boa execução dos movimentos/figuras nos aparelhos (e fora destes). A pratica regular desta modalidade pode produzir melhorias significativas ao nível da flexibilidade, coordenação, resistência e força, outro benefício é o auxílio desta modalidade na correcção postural, para além do dispêndio calórico: uma hora de aula consome, em média, 300 calorias ( uma simples inversão/posição de cabeça para baixo/ é comparável a fazer 20 flexões de cada vez) ...

…Dado que o aluno passa grande parte do tempo de aula “de cabeça para baixo” ...  É só fazer as contas! 

Professor:

 
@Roseane Rocha