Waacking
download de programação

Os primeiros bailarinos de Waacking nasceram nos clubes gays de Los Angeles  inseridos na cultura dos clubes nocturnos da década de 60. Nasceu dentro da comunidade afro americana e latina, ao som do Disco e do Funk, sendo comum a ideia de ser um estilo próximo ao Locking, por terem movimentos similares. Actualmente, o Waacking é também associado ao House, por serem ambos cultura de clubes nocturnos e partilharem a mesma filosofia de dança social, mas é erradamente considerado um estilo de House Dance.

Caracteriza-se por um complexo movimento de braços, tendo sido, no início da década de 70, Lamonte Peterson um dos primeiros bailarinos a utilizar os braços e mãos como movimento primordial da sua dança. Outros pioneiros como Mickey Lord, Tyrone Proctor e Blinky, aperfeiçoaram e estilizaram estes movimentos, tornando-os tão rápidos como a batida do Disco.

Estando nos anos 70, o estilo e roupa dos anos 60 foi uma grande influência, assim como as grandes estrelas de cinema, como Grace Kelly e Greta Garbo, que alimentaram o imaginário dos bailarinos através das suas fotografias nos cartazes de filmes e a movimentação glamorosa das suas personagens nas décadas de 40 e 50.

O nome Waacking surgiu de Tyrone Procter, bailarino do “The Soul Train Dance” e Jeffrey Daniel, dos “Outrageous Waack Dancers” em 1972.  Sendo na altura um estilo novo surgiram diferentes denominações como “Punking” e “Garbo”.

Após mais de 40 anos, o Waacking continua a crescer, através de bailarinos e professores que perpetuaram a sua filosofia e ensino como Tyrone “The Bone” Proctor, Adolfo “Shabbadoo” Quinones, Jody Watley, Anna “Lollipop” Sanchez, Brian “Footwork”Green e Samara Lockeroo, para nomear alguns.

Professor:

 
@Piny